Saltos altos na saúde

Não há dúvidas de que o salto alto deixa  a mulher mais elegante. Ajuda a tornear as pernas, a afinar a silhueta e deixa a mulher mais alta e com a parte traseira mais empinada.

Mas o uso continuo do salto alto pode trazer algumas consequências. Como danos estruturais e de postura, a longo do tempo.
É comum as mulheres que os usam com frequência relatarem dores nas panturrilhas quando andam descalças. Por conta disto, algumas chegam ao extremo de usar chinelos ou sapatos com salto só para andar em casa.

Ao longo do tempo, este encurtamento pode desencadear um desequilíbrio na cadeia muscular posterior do corpo: coxas, coluna lombar, dorsal e cervical. Além disso, o encurtamento das panturrilhas deixa os tendões e ligamentos muito mais suscetíveis a lesões e entorses, devido à falta de flexibilidade.

Não é preciso deixar de usar salto alto, o mais importante é tomar algumas medidas:

  • Se as dores nos pés e nas pernas forem habituais, faça uma massagem nas solas, abrindo bem os arcos dos pés e mobilizando as articulações. Massaje também os calcanhares e as panturrilhas;
  • Escalde os pés em água quente. 
  • É importante alternar os calçados, e nunca usar o mesmo sapato todos os dias, nem o mesmo comprimento de salto. 
  • Depois de um dia de salto alto, deve-se usar um mais baixo e no dia seguinte uma sapatilha. 
  • Quando tiver oportunidade, caminhe descalça na areia da praia. Esta prática é muito benéfica, pois fortalece e alonga os músculos dos pés e das pernas.

X.O.X.O (Entre) Saias

Sem comentários:

Enviar um comentário