Happy Valentine's Day

Pois é, chegou o grande dia. Hoje mais do que nos outros será um dia repleto de amor e de surpresas..
Há um ano atrás por esta altura não estava a comemorar o dia dos namorados mas sim o dia das solteiras. Fomos todas beber café á tarde, meter a conversa em dia, e o dia foi celebrado de outra forma. Podíamos não ter namorados, mas éramos todas amigas e estávamos ali a comemorar o nosso dia.
O meu último namoro tinha acabado há quase um ano, e desde aí as coisas mudaram. Estive com algumas pessoas, mas a nenhuma delas me entreguei. Estava numa nova fase da minha vida nova. Tinha entrado para a faculdade, não queria assumir uma algo sentindo-me magoada, e aquele "rapaz" ainda estava no meu coração mas á medida que o tempo foi passando as memórias iam-se apagando.. Houve uma pessoa que me ajudou a apagá-las, mas, não sentia nela alguém para o futuro. Dei por mim imensas vezes a debater com a A como é que eu conseguia estar com ele (era mais velho). Não era o meu género, mas havia qualquer coisa nele que me fazia sentir bem, e ele conseguia esboçar um sorriso diferente em mim, ou, via nele uma forma de meter ciúmes ao A.. Ainda hoje me questiono qual das duas opções era. Durou uns 3 meses, e nunca me tinha acontecido pedirem-me em namoro e eu calar-me.. Namorar não era aquilo. Eu não namoro com qualquer um, para namorar tenho de sentir que o amo, e que não há nenhum entrave entre nós, tenho de sentir o amor dele, e acima de tudo sentir que é ao lado dele o meu lugar. E eu não sentia isto. O "não" ficou por ali e ponto final. Desde então nunca mais nos falámos, e eu virei bicho-papão.
Não me importei, fui sincera e disse-lhe que só o via como amigo. O meu príncipe ainda não tinha chegado, e aquela não era a minha altura. Jamais imaginaria que o meu príncipe chegaria passado um 1 dia do dia dos namorados.. Eu que estava a comemorar o facto de ser solteira, e num dia para o outro, vim-me interessada por alguém.. Conhecemo-nos numa discoteca á noite, e a partir dessa noite, começa-mos a falar e a sair..
Passado um mês demos o primeiro beijo, mas já tínhamos tido tantas oportunidades, mas nunca tinha acontecido. Eu sabia que via nele uma coisa mais séria, e as coisas não podiam ser repentinas. Raparigas que se entregam passado 3 minutos de conhecer o rapaz há muitas, e eu não sou assim. Tive que ver nele o interesse por mim, e acima de tudo ver que ele tinha os pés bem assentes na terra. Isto mostra também o carácter da pessoa. Costumava dizer que fui feita para amar por isso tinha ter pessoas importantes na minha vida a nível amoroso, mas quando namoro tem de ser uma coisa muito séria, e o rapaz tem de passar ás diversas etapas, pois eu sou muito rigorosa. E Ele conseguiu! Para além de não ser "um qualquer".
O primeiro beijo foi numa sala de cinema, e por mais curioso que fosse, éramos os únicos na sala e o filme que fomos ver foi "O DIA DOS NAMORADOS".
Hoje estou feliz, muito, e agradeço a pessoa que tenho ao meu lado. Pela primeira vez sinto que alguém com a mesma responsabilidade que eu pode tomar conta de mim, eu estou bem entregue, antes, isto nunca tinha acontecido. Posso desarrumar a casa toda ou o quarto que ele vem por trás e arruma tudo, (mania das arrumações). Ele compõe a cama,  (antes levantava a mesa mas pronto... ) , arruma a roupa toda certinha, limpa as loiças á volta da banheira quando sai água para fora, quando estou tristonha compra-me flores, ou quando estou um pouco mais chateada, OU, quando me quer surpreender.. A semana passada houve uma noite que dormi muito mal e isso notou-se durante o dia, ele chegou a casa com um ramo de flores e com um Kinder Bueno, para me adoçar. Como alguém já me disse o meu quarto "é romântico", eu tenho flores, tenho quadros, tenho fotos nossas, tenho peluxes, isto pelas surpresas dele. Ele é o único que me chama "patanisca" (bahhh). E não é só o meu namorado, é também o meu melhor amigo. E eu sou feliz!


Feliz dia dos namorados para todas as flores! E quem não tem namorado/a, troque as flores com as amigas/os.

3 comentários: