Definitivamente encontro-me num dia daqueles que intitulamos como " NÃO".
Começou logo de manhã, em que mais uma vez eu vi que as
Mulheres conseguem ser cobras umas para as outras quando querem.
Qual é a necessidade que o ser humano tem em ser assim?
Eu gosto de estar no meu canto, sossegada, falar com as pessoas que gosto, sentir-me tranquila e sem nada que me possam apontar. Mas á pessoas muito diferentes,
pessoas que têm prazer em colocar outras, em situações menos boas.
Agora, pela primeira vez oiço uma professora de faculdade a chamar-me atenção por sair mais cedo?
Se eu já tinha terminado o meu trabalho, o que que iria ficar a fazer na aula? O mesmo que a docente? A ouvir todos a conversarem e simplesmente estar sentada a olhar para nós?
Ou...
... a jogar sudoku como alguns colegas?
Fui sincera, terminei, tenho de sair, pois tenho um trabalho para acabar e apresentar á tarde.
Mesmo assim ainda ouvi que ia ter falta. Cumpri a minha tarefa, e o tempo que ia estar ali a olhar para a janela, vai ser utilizado para um fim importante.
Sinceramente?
Mais valia ter ficado em casa, e estar a esta hora a arrumá-la! 

2 comentários:

  1. Adoro, fantástica personalidade revelada. Ter tanto força de palavras... uau, às vezes apeteciaa-me ser assim. :)
    Adorei o texto, o sentimento revelado. Magnífico!

    Mas este blog assim se tem mostrado: não há um dia que não venha ver as novidades, sempre várias. :)

    ResponderEliminar
  2. Peço desculpa mas nao consigo comentar o teu blog!
    Mas gostei imenso do teu comentário! Não consegui ver o teu face com muita pena minha.

    ResponderEliminar