Raio-X do cabelo

Se pararmos para pensar na quantidade de tempo que gastamos 
a pensar sobre cabelos, certamente nos iremos assustar. 
Escova, corte, hidratação, alisamento e outros temas, vivem na cabeça das mulheres. 
Afinal, as madeixas são a moldura do rosto e um dos cartões de visitas mais observados. 
Mas já se perguntaram como é a estrutura interna e externa dos fios
De que são feitos? 
Como os produtos de beleza os afectam? 
Vou responder a estas e outras questões.

Embarquem comigo nesta viagem!


O fio de cabelo é composto por três camadas
- cutícula, córtex e medula.

Cutícula
  
É a primeira camada. Transparente, é formada por seis a dez camadas de placas queratinizadas (dispostas como escamas de peixe) e a sua função é proteger contra os agentes externos, além de preservar a parte interna. 

Córtex
   
É a camada intermediária e a mais importante do fio: ali se forma a estrutura do cabelo. 
É nesta área que as proteínas agrupam-se paralelamente dando resistência ao fio.

Medula
  
É parte mais interna. Embora possa estar ausente em alguns pacientes, a sua função é direccionar o novo fio de cabelo e auxiliar na termorregulação. O canal medular pode estar vazio ou preenchido por queratina.

O qué que isto tem a ver com a beleza dos cabelos?
Tudo!
  As cutículas, quanto mais fechadas estiverem as escamas, mais protegidas estarão as fibras. 
Isto significa mais brilho, menos arrepiados indesejáveis e menos porosidade.
Descolorações, pinturas e excesso de lavagem podem abrir as escamas, prejudicando a estética capilar. É justamente a cutícula que sofre as agressões externas (sol, chuva, poluição etc), danos por acção mecânica (escovamento, penteação, maneira de prender etc) e transformações químicas (relaxamento, permanente, colorações, reflexos etc).

O córtex é a parte mais volumosa, e representa 70% da massa do fio. Nele estão estruturas fibrilares denominadas microfibras, compostas, entre outros elementos, por melanina, pigmento responsável pela cor do cabelo. Ou seja: a cor vem de dentro para fora!
 E se o córtex sofrer danos, o que acontece? 
Esta parte do fio é responsável pela resistência da fibra. Portanto, se o seu cabelo estiver fraco, quebradiço, com pouca elasticidade, o problema certamente está no córtex. Isto só poderá ser resolvido com tratamentos, mas para danos mais sérios a solução é a tesoura. 

Como nascem os fios? 
Ok, já sabemos quase tudo sobre a estrutura, mas esquecemos da origem. Como nascem nossos cabelos? Os fios formam-se dentro de uma estrutura localizada na derme, chamada folículo piloso. Na base do folículo encontra-se o bulbo capilar ou raiz do cabelo.

Ligada ao folículo está a glândula sebácea, que produz a oleosidade responsável pela lubrificação dos fios e do couro cabeludo. Na superfície do couro cabeludo, existe um manto protector, formado pela secreção das glândulas sudoríparas e sebáceas. Cada folículo piloso produz apenas um fio de cada vez. 
Normalmente o ser humano possui em média 90 a 100 mil fios de cabelo.

Cosméticos a favor
Sim, os produtos que compram para deixar as madeixas mais bonitas agem na estrutura capilar. Nesse sentido, os aminoácidos, por exemplo, presentes em muitos cosméticos, são super-importantes. A lógica é simples: os aminoácidos são a matéria-prima para a produção das proteínas. E os cabelos possuem na sua composição de 60% a 90% de proteínas, que dão resistência. Vários aminoácidos são essenciais para a boa estrutura capilar. Entre eles, a cistina é a mais conhecida.
As vitaminas também caem muito bem. São os nutrientes, colaboram para um bom crescimento, resistência e brilho. Assim como o nosso corpo necessita de reposição de vitaminas, os fios também necessitam. Já a queratina, presente em muitas máscaras, cremes e champôs, tendem a dar força aos cabelos. É como se ela cimentasse os fios, deixando-os mais fortes e resistentes às acções químicas e desgastes diários.
Antes de saber se um produto tem poderes regenerativos, é importante realizar uma avaliação da estrutura dos fios, para ter certeza das reais necessidades deles. Há que se avaliar cada caso, porque o excesso de queratina, proteínas e até mesmo de vitaminas pode deixar os cabelos pesados e sem vida.

2 comentários

  1. o meu cabelo é encaracolado, forte, volumoso e brilhante. Ou seja, tenho tudo a funcionar lindamente e nem me preocupo com a hidratação e coisas assim. Lavo o cabelo todos os dias ou dia sim-dia não com shampoo e amaciador. O creme/mascara uma vez por mês, apenas.

    ResponderEliminar
  2. humm muito interessante, eu gostei!

    ResponderEliminar